Siga            
Início » Notícias
Notícias

 

Evento promove debate sobre cenário de Israel e direitos humanos



A convite de alunas do curso de Direito do Cesupa, a organização StandWithUs participou nos dias 23 e 24 de outubro do evento “Diálogos sobre Israel: política internacional, direitos humanos e segurança internacional”. A proposta do evento, realizado em formato de mesa-redonda e palestra, foi a promoção do estudo e do debate acerca do conflito árabe-israelense e o combate ao terrorismo internacional. Diversos estudantes, profissionais e professores de Direito e também de Relações Internacionais participaram da programação. 

Pela primeira vez no Cesupa, o diretor-executivo da StandWithUs-Brasil, André Lajst afirmou que a agenda em Belém faz parte de uma ampliação na rede de debates sobre Israel, fugindo do eixo São Paulo/Rio de Janeiro. “Esse é um tema recorrente na mídia e, ainda assim, há poucas informações a respeito, principalmente ao conflito palestino israelense, em relação aos direitos humanos na região, em relação a democracia na região, em relação ao estado de direito na região. Esses são pontos que a gente precisa discutir com os estudantes para que eles saibam mais, entendam mais e tenham um senso crítico um pouco maior desse cenário”, explicou Lajst.  

Mestre em Diplomacy and Government pela IDC Herzlyia (Israel), André Lajst explica a necessidade de se aprofundar a discussão de temas que envolvem os direitos humanos, principalmente sob a perspectiva de Israel. “Precisamos sair um pouco mais da utopia e ir um pouco mais para a prática. Cada cidade, estado e realidade precisa enxergar de uma maneira mais realpolitik.  Precisamos ser mais pragmáticos em relação a isso. Então, analisando uma situação do outro lado do mundo, você acaba trazendo pra si um pouco de realidade em relação ao que você vive”, pontua André. 

Para a estudante Vitória Esteves, uma das organizadoras do evento, a promoção do desperta novos olhares acerca dos direitos humanos e do direito internacional público. “Trazer alguém que tenha essa vivência do lado prático nos dá uma visão além do conhecimento normativo. Então, isso dá aos participantes a oportunidade de enxergar essas áreas além de uma área acadêmica, mas também uma área de atuação no mercado de trabalho, em uma organização não governamental, por exemplo”, conta Vitória.  

26 de outubro de 2018





 
  X Fechar
  Seu Nome  
  Seu Email  
  Envia Para  
Comentário