Notícias

Bebês de 0 a 02 anos contam com atendimento odontológico no Cesupa



Embora muitos pais não saibam, o cuidado com a saúde bucal das crianças é uma preocupação que deve existir desde os primeiros dias de vida, mesmo antes do surgimento da dentição.  É com foco em pacientes de zero a dois anos que o curso de Odontologia do Cesupa conta com atendimentos especializados na Clínica do Bebê. O serviço faz parte de uma série de outros projetos disponíveis para a população na Clínica Odontológica do Centro Universitário.
 
Há quase 17 anos em atividade, a Clínica do Bebê é um espaço de atuação para os estudantes dos últimos semestres do curso de Odontologia do Cesupa. Na Clínica, os estudantes avaliam os pacientes e também prestam orientação aos pais. O contato com esse público específico ajuda a prevenir problemas que muitas vezes são acarretados pela falta de informação correta a respeito da saúde bucal de crianças tão pequenas. Por mês, mais de 50 bebês são atendidos pelo serviço. 

A particularidade do aprendizado adquirido no atendimento a bebês é vista como um diferencial por muitos alunos, como é o caso da estudante Lívia Reis. “Já estamos saindo da faculdade, então vivenciar esse trabalho na prática é importante. Aqui a gente pode se preparar para quando chegar algum bebê na nossa clínica nós sabermos como atuar”, avalia a estudante.

“Isso é de extrema importância para a comunidade, não só para as crianças, mas para os pais também. Aqui os pais aprendem como cuidar da forma correta da higiene bucal de seus filhos. Quando saem da clínica, muitos pais acabam repassando o que aprenderam para outras pessoas e isso também é um resultado do nosso trabalho”, explica o professor Jorge Nogueira, um dos coordenadores da Clínica do Bebê.

Serviço - Os atendimentos para bebês podem ser agendados na Clínica Odontológica do Cesupa, localizada na Travessa Nove de Janeiro, nº 927 entre José Malcher e João Balbi. O atendimento é feito toda quarta-feira, pela parte da manhã. Outras informações podem ser obtidas nos telefones 3266-2041 e 3266-2044.

Texto e foto: Brenda Menezes com supervisão de Lali Mareco
28 de março de 2019