Notícias

Concluintes do curso de Medicina participam de cerimônia de Colação de Grau



54 concluintes do curso de Medicina participaram na noite desta terça-feira (25) da cerimônia de Colação de Grau, realizada no Hangar – Centro de Convenções da Amazônia. Um dos momentos mais emocionantes de todos os anos de graduação, a solenidade foi marcada por lembranças, homenagens e agradecimentos aos que compartilharam cada etapa para a conquista do diploma. 

Já no primeiro discurso da noite, a compaixão mostrou que o tom da solenidade seria diferente. Jéssica Queiroz Aguiar, oradora da turma, pediu que todos os presentes no evento dedicassem um minuto de silêncio em memória de Hernani Dias da Cruz, avó da concluinte Marina Keuffer, falecido nas vésperas da cerimônia. Após a homenagem, Jéssica listou uma série de passagens que marcaram a história da 14º turma de Medicina do Cesupa entre elas os anos em que os alunos atuaram nos Módulos de Interação em Saúde na Comunidade (MISC). 

“O MISC foi a nossa escola da vida. Foi o primeiro que nos arrancou do nosso conforto com as territorializações ao sol quente, as visitas domiciliares e as intervenções. Vivemos nele a realidade além dos livros. Treinamos não só o ato médico, mas também a nossa alma. Choramos e nos alegramos com cada paciente que humildemente nos recebeu e muitas vezes nos procurou por ajuda, mas nunca imaginou que a ajuda maior fomos nós que recebemos”, disse a oradora.

A troca de experiências e os ganhos proporcionados pelo contato quase que diário de muitos professores com os alunos foi um dos pontos destacados na fala do paraninfo da turma, professor José Tadeu Colares Monteiro. “Muitas vezes não conseguimos imaginar o alcance da nossa influência. Acreditamos que nossa expertise seja inspiradora para esses discentes. Entretanto, isso não é garantia de forma nenhuma que a nossa mensagem esteja sendo transmitida com sucesso. Confesso que fiquei lisonjeado com a escolha como paraninfo. Conduzi-los neste momento faz esse um dos dias mais gratificantes da minha vida", revelou o professor.

O papel transformador do curso de Medicina foi lembrado pelo reitor do Cesupa, Sérgio Mendes durante a cerimônia. “O Cesupa está promovendo saúde, chegando em lugares que pouca gente chega, tendo reconhecimento público como teve do Ministério da Saúde em vídeo que correu o Brasil e o mundo, valorizando o trabalho que é feito dentro do nosso internato”, afirmou. O reitor ainda aproveitou o último encontro com os colandos para aconselhar “na perspectiva que tiverem, ganhem o mundo. Esse mundo pode estar aqui do lado, nas áreas ribeirinhas. Essa precisa ser a perspectiva de vocês, da geração de vocês”.

Destaque acadêmico – Durante a cerimônia, os estudantes que obtiveram os melhores desempenhos acadêmicos ao longo do curso receberam o reconhecimento público. Patrícia Valesca Leal foi homenageada pelo 3º lugar. Já o 2º lugar foi ocupado por Gustavo Vitoria Gomes, enquanto Jamille Lopes Helmer ficou com a 1ª colocação. 

Texto e foto: Lali Mareco