Notícias

I Soft Amostra do Cesupa rende projetos inovadores e votação digital 



Alunos do curso de Ciência da Computação puderam apresentar seus projetos produzidos a partir do conhecimento adquirido durante o semestre.

Com o tema “Negócios Digitais, Monetização e Open Banking”, a Soft Amostra, evento promovido pelo curso de Ciência da Computação do Cesupa, foi realizada de forma remota, através da plataforma do Google for Education e reuniu a comunidade acadêmica, egressos e convidados em uma manhã de muita interação e conhecimento.

Como resultado do evento, em busca do incentivo e da integração com alunos, professores e comunidade, a equipe da Soft Amostra está promovendo a votação dos projetos tecnológicos, e os melhores serão premiados. A votação é aberta ao público e pode ser acessada aqui.

O evento contou com a participação dos alunos de Ciência da Computação do terceiro, quinto e sétimo períodos do curso, que puderam apresentar seus projetos produzidos a partir do conhecimento adquirido durante o semestre e tiveram como mentores de negócios o presidente da Paratic e diretor da Jambu Tecnologia, Marcelo de Sá, e o diretor da W3, Fábio Magalhães. 

A programação da primeira edição da Soft Amostra foi realizada de forma totalmente digital, com o uso de ferramentas com as quais a comunidade acadêmica do curso já está familiarizada, como Google Classroom, Gutyhub, Gutylab e Discord. O evento foi um desafio adotado por alunos e professores e realizou ajustes nas plataformas para receber e capacitar mais pessoas, possibilitando a acessibilidade também aos convidados e interessados no tema. O ajuste para o modelo digital proporcionou uma visibilidade maior do evento, contabilizando nesta semana cerca de 2500 views no site da Soft Amostra, além de reunir mais de mil votos nos projetos, superando as expectativas das equipes. 

A coordenadora da graduação de Ciência da Computação, Alessandra Natasha, ressaltou a importância do evento. “A tecnologia para nós é um ambiente orgânico, desta forma houve uma naturalidade para a continuação dos trabalhos, reforçando o que o curso traz mais estruturado, que é o domínio das ferramentas de tecnologia e a capacidade de migrar entre elas. O evento tem como finalidade a visibilidade dos projetos e produtos que foram desenvolvidos pelos nossos alunos, diferente dos eventos presenciais que eram cerca de 300 visitações em todas as etapas, como feiras, tutoriais e cursos, a Soft Amostra em sua primeira edição e dentro de um modelo digital acarretou inicialmente em torno de 2 mil views no portal”, destacou a coordenadora.

Para Renan Carneiro, estudante do 3° período do curso de graduação de Ciência da Computação,  desenvolvedor e gerente do projeto Mobydata, a visibilidade que o evento proporciona promove a expansão da inovação tecnológica. “Poder apresentar as nossas propostas entre a comunidade interna do Cesupa, bem como para empresários e convidados, com certeza gera uma visibilidade tanto para nós, como alunos, quanto para a instituição. Além do fato de que todos os projetos estavam muito bem feitos, dessa forma é importante ter esse retorno de saber qual mais agradou ao público”, frisou o estudante.

O coordenador e professor da disciplina “Projeto Integrado”, Marcos Paulo de Sousa, explica como foram realizados os trabalhos junto aos mentores de negócio. “A disciplina tem uma metodologia baseada em problemas reais do mercado, onde todos os anos convidamos um empresário para apresentar uma problemática e propor um desafio que é solucionado ao longo do semestre. Ambos mentores são da área da informação e acompanham os projetos, subsidiando os alunos em quaisquer dúvidas ou curiosidades". O professor conta que, como resultado da disciplina, os projetos geraram produtos que superaram as expectativas e alguns deles estão prontos para a concorrência do mercado. Ele ainda explica que o curso não pretende encerrar os projetos com o término da disciplina. "Ao invés disso, foi lançado um portal para premiar os melhores projetos por votação do público, dando visibilidade e oportunidade das equipes continuarem os seus projetos e seus sonhos”, frisou o professor.

A votação da premiação se estende até esta sexta-feira (17). No portal da Soft Amostra, é possível ler um breve resumo de cada projeto desenvolvido para o evento e sua respectiva funcionalidade. Para acessar clique aqui.  

Texto: Ádria Pereira com supervisão de Lene Macedo e Luciana Vasconcelos| Imagem: Arquivo pessoal
15 de julho de 2020