Notícias

Cesupa realiza histórica colação de grau no formato virtual



A cerimônia virtual emocionou amigos e familiares, que acompanharam à distância.
A última terça-feira (18) foi marcada por muita emoção ao unir os 114 formandos que receberam a outorga de grau na primeira colação virtual do Cesupa. A adaptação do formato foi pensada a fim de cumprir as medidas de segurança necessárias devido à pandemia do novo Coronavírus. A mudança, no entanto, não impediu que o momento fosse histórico para a instituição e os concluintes.


Realizadas em dois horários, as cerimônias de oito cursos contaram com a participação presencial do reitor do Cesupa, professor Sérgio Mendes, de Elza Dantas (coordenadora de graduação), da professora Silvia Mendes Pessoa (pró-reitora de graduação e extensão) e dos coordenadores de curso Arthur Homci (Direito), Felipe Freitas (Engenharia de Produção) e Oscar Faciola (Odontologia), que compuseram a mesa do auditório no campus Alcindo Cacela 2 e estavam conectados aos colandos e demais coordenadores em uma sala virtual na plataforma Google Hangouts Meet.

Em casa, os concluintes vestiram o traje formal da beca e compartilharam suas imagens por computadores e celulares com câmera. As pequenas telas formaram um mosaico de alunos, paraninfos e coordenadores, que exprimiam sorrisos e gestos de afeto, conforme desenrolaram-se os protocolos padrões da colação. Familiares e amigos de várias cidades do Brasil também puderam acompanhar e interagir em tempo real por meio da transmissão ao vivo no canal do Cesupa no Youtube, em que toda a programação está disponível para visualização.

A primeira cerimônia foi destinada aos cursos de Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Nutrição e Odontologia. Representando todos os formandos, a concluinte do curso de Engenharia de Computação, Lohanne Gomes Miranda, foi a oradora e lembrou de todas as mudanças ocorridas nos últimos meses. “Ninguém imaginou estudar cinco anos e ter uma solenidade na frente do computador” disse ela, que aproveitou o seu discurso para agradecer e elogiar o corpo docente pelo esforço e dedicação na condução das aulas on-line. “Sem os nossos professores, não teríamos concluído essa etapa. Imagina cada prova cansativa que realizamos enquanto nossos professores tiveram no mínimo 20 para corrigir. Para cada aula on-line, eles tinham que se reinventar. Então, se agora eu tivesse que pedir uma salva de palmas, seria para eles”, completou.

Já a segunda cerimônia recebeu os concluintes do curso de Administração, Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e Direito, e teve como orador o bacharel em Direito Lucas Melo de Lima, que também apresentou em sua fala uma reflexão sobre este momento único. Para ele, “2020 tem sido um ano excepcional. De um dia para o outro a vida que conhecíamos mudou. Tivemos que nos distanciar, nos isolar, usar máscara e nos adaptar ao novo normal. Vencemos as dificuldades ocasionadas pelo ensino à distância e somos vitoriosos por poder compartilhar este momento único ao lado de quem amamos”, destacou Lucas em um trecho de seu discurso.

Caroline de Oliveira, juramentista da segunda cerimônia e primeiro lugar no destaque acadêmico do curso de Publicidade e Propaganda, ressaltou a importância da colação, “a formatura foi o fechamento de um ciclo na minha vida e, consequentemente, a abertura de outro. Sempre vou lembrar desse momento assim: com alegria, ainda mais porque tive a felicidade de escutar meu nome quando apresentaram o primeiro lugar dos destaques acadêmicos do meu curso. Vibramos muito aqui em casa! A vantagem de ser on-line é que agora posso reviver (em gravação) esse momento quando quiser”, comemorou Caroline.

Outro momento emocionante foi o discurso das paraninfas, as professoras Paula Pessoa e Erika Oikawa, que deixaram uma mensagem especial para todos os colandos. “Temos que reconhecer que os tempos são verdadeiramente desafiadores. Então, desejo a vocês muito sucesso e realizações. Sejam felizes e entusiasmados com o que escolheram ser e, mesmo nos momentos mais difíceis, tenham compromisso profissional, integridade ética e a certeza de fazer o melhor para a nossa comunidade”, celebrou a professora Paula. Já a fala da professora Erika foi permeada pela lembrança de bons momentos e do papel docente na formação dos alunos. "Estivemos juntos nessa caminhada, nos esforçando para criar as condições necessárias para vocês desenvolverem as habilidades e competências requeridas para se tornarem profissionais de excelência técnica, mas sobretudo, profissionais éticos, críticos e conscientes de suas responsabilidades enquanto cidadãos", afirmou.

Todas as cerimônias foram conduzidas pelo reitor do Cesupa, professor Sérgio Mendes, que em suas falas fez questão de reforçar o compromisso da instituição com alunos e seus familiares, destacando o relatório de balanço semestral enviado a todos os estudantes e responsáveis como prestação de contas e retrospectiva de tudo o que foi feito ao longo dos últimos meses. “O Cesupa teve o cuidado de prestar contas e enviar esse balanço em forma de retrospectiva para dizer a vocês, pais e familiares, que o meio mudou, mas o nosso compromisso não”, frisou o reitor.

O professor destacou ainda que aos valores e princípios da tradição universitária somar-se-ão diferentes formatos ao fazer educacional, trazendo mais inovação no aprendizado. “A disrupção veio para ficar. Os modelos disruptivos de educação já estão aí há algum tempo e não chegaram apenas com a pandemia. Então nós precisaremos ser mais disruptivos, mais criativos, mais inovadores, mas nunca nos afastando do compromisso maior, que é aquele que reside no fato de que o aluno precisa aprender e precisará ser cada vez mais protagonista do processo de aprendizagem”.

O reitor finalizou seu discurso agradecendo aos novos profissionais, familiares, professores e colaboradores do Cesupa, e estendeu a homenagem a toda comunidade acadêmica enlutada pela pandemia. “Depois de agradecer e de celebrar a gente precisa olhar adiante, mas não podemos olhar adiante sem dedicar esta colação de grau histórica às pessoas da nossa comunidade que se foram sem se despedir de nós e nos deixaram um extraordinário aprendizado: é importante lutar até o último segundo para prosseguir a caminhada. É o que vamos continuar fazendo em homenagem à memória destas pessoas tão queridas.”, finalizou o reitor. 

Texto: Lene Macedo e Luciana Vasconcelos com revisão de Adriana de Faria | Foto: Laura Quaresma
20 de agosto de 2020