Notícias

Alunos de Engenharia de Produção realizam 1ª edição do EPRODAY - evento on-line que une alunos ao mercado de trabalho



Amanda Carneiro, aluna do 8° semestre, destacou a satisfação em compartilhar suas experiências adquiridas durante o curso com os alunos iniciantes.

O EPRODAY nasceu com o objetivo de oferecer experiências para o desenvolvimento de habilidades críticas e resolutivas de alunos dos primeiros semestres e proporcionar uma jornada universitária com visão e aproximação do mercado de trabalho durante o cenário da pandemia. Para esta primeira edição, o tema do evento foi "Desafios e oportunidades na Engenharia de Produção".

Idealizada pela coordenação e professores do curso de Engenharia de Produção do Cesupa, a proposta é possibilitar a interação entre alunos de diferentes turmas e o trabalho em equipe, mesmo à distância, para desenvolver habilidades necessárias à futura carreira, além de compartilhar dicas sobre as áreas de atuação da Engenharia. 

O evento do mês de agosto foi organizado com autonomia pela turma do último semestre do curso, que contou com suporte e apoio da coordenação e de seus professores. A primeira edição foi mediada pelos alunos da mesma turma organizadora, por meio da plataforma Google Meet, e teve participação de profissionais do mercado, convidados para debater sobre distintas atuações de um engenheiro de produção. 

O coordenador do curso de graduação em Engenharia de Produção, Felipe Freitas, ressalta a importância da programação ser totalmente planejada pelos estudantes. “Propomos o EPRODAY para que os alunos desenvolvessem mais a interatividade. Além de disso, há o acréscimo profissional que é proporcionado aos estudantes com as experiências e os conhecimentos profissionais dos convidados, possibilitando uma conversa aberta sobre as práticas de um engenheiro e o desenvolvimento de competências transversais, as chamadas soft skills”, destacou.

Na prática, o EPRODAY proporciona aos estudantes o exercício da colaboração, do networking e de novas habilidades. Um exemplo disso foram as trocas entre concluintes e estudantes dos primeiros semestres, aproximando realidades distintas de conhecimentos e experiências na graduação.

A estudante do 8° semestre, Amanda Carneiro, participou dessa troca. “O processo de planejamento e organização do evento foi muito legal. Ter tido essa oportunidade de falar um pouco sobre as minhas experiências durante o curso, carregando a esperança de ajudar alguém a tomar decisões para gerir melhor a sua carreira universitária me traz uma enorme satisfação de dever cumprido”, ressaltou.

O representante da turma concluinte, Bruno Pagliari, explica como foi preparado o evento. “No começo, iniciei com trabalhos e reuniões. No decorrer do tempo, conseguimos dividir os alunos em equipes, em que cada um tinha uma finalidade específica e, em poucos dias, o evento estava pronto. Toda a turma puxou a responsabilidade para si e contribuiu com as ideias e execuções. Acho que foi esse o grande diferencial, muitos superaram a timidez e seus desafios pessoais. Não posso deixar de destacar a qualidade dos convidados e o apoio dos ouvintes e professores”, frisou o estudante.

E as próximas edições já estão a caminho. A perspectiva para o futuro é que o evento ocorra mensalmente, a cada edição com uma turma diferente responsável pela programação, organização e realização. Durante os meses de setembro, outubro e novembro, novos alunos estarão à frente do projeto, com a proposta de ampliar a integração e o intercâmbio entre o mercado e os alunos da graduação na instituição.

Texto: Ádria Pereira com supervisão de Lene Macedo e revisão de Adriana de Faria | Foto: Arquivo pessoal
03 de setembro de 2020