Notícias

Setor de Gestão com Pessoas do Cesupa promove live em alusão ao Setembro Amarelo 



O evento teve como objetivo estimular a conscientização da campanha “Setembro Amarelo” na comunidade interna do Cesupa.
Estimulando a conscientização da campanha “Setembro Amarelo” na comunidade interna do Cesupa, o setor de Gestão com Pessoas promoveu, no final de setembro, uma roda de conversa on-line, com a temática “Setembro Amarelo: vamos conversar sobre o assunto?” para todos os colaboradores do Cesupa. Como resultado, o evento viabilizou um movimento coletivo para promover saúde mental no ambiente de trabalho.


Em setembro, todos os profissionais do Cesupa receberam uma fita amarela e um cartão, refletindo sobre a prevenção do suicídio, um dos objetivos da campanha “Setembro Amarelo”. Dando sequência à ação, a fim de garantir a participação acessível de todos, a organização do evento utilizou os auditórios dos campi para quem desejasse participar presencialmente, abrangendo inclusive aqueles que não possuem aparelhos eletrônicos ou acesso à internet. Já a transmissão virtual foi operada pelo CTIC (Coordenação de Tecnologia de Informação e Comunicação do Cesupa), que conduziu o evento para um total de 82 participantes, 31 presenças on-line e 51 nos auditórios.

A analista de Gestão com Pessoas, Daiane Calazans, ressalta a necessidade de estimular o diálogo e desmitificar o tema. “Para mim, falar sobre a campanha Setembro Amarelo e prevenção ao suicídio são tópicos de uma discussão ainda muito pertinente para quebra de tabus, principalmente nesse momento de mudanças repentinas e isolamento. Neste processo de enfrentamento a inúmeras situações que estamos expostos, é necessário ter empatia e acolhimento ao próximo”, destacou a analista.

Para a secretária da coordenação do curso de Medicina do Cesupa, Nattara Nascimento, foi de extrema importância a campanha ocorrer dentro do ambiente de trabalho. "É muito difícil uma empresa mostrar preocupação com seus trabalhadores e a Gestão do Cesupa ofereceu essa assistência, extremamente informativa desde a origem da campanha e, principalmente, oferecendo um espaço seguro para o diálogo dentro do trabalho. Através dos relatos dos colaboradores, pude ver a desmitificação do tema e a aproximação que a Gestão nos proporcionou neste dia", contou a secretária.

No Brasil, o movimento "Setembro Amarelo" foi criado em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), junto ao CFM (Conselho Federal de Medicina) e à ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), com a proposta de associar a cor amarela ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro). Para quem busca ajudar, há grupos de apoio na própria comunidade, é necessário apenas procurar o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) mais perto e solicitar informação sobre os atendimentos ou para quem quer ajudar, ter conhecimento dos eventos para apoiar a causa, além de que também a CVV disponibiliza um canal de acolhimento e também esclarecimento de dúvidas, basta ligar para o número: 188. 

Texto: Ádria Pereira com supervisão de Lene Macedo e revisão de Luciana Vasconcelos | Foto: Arquivo pessoal
09 de outubro de 2020