Notícias

 Cesupa realiza VII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica “Professora Elza Dantas” 


16 de abril de 2021


Com o objetivo de promover a pesquisa científica para os alunos, o Cesupa realizou durante a manhã desta quarta-feira (14), a VII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica para os estudantes do curso Direito e para as áreas de Saúde e Tecnologia. Em formato virtual, a sétima edição do evento contou com 29 apresentações de trabalhos científicos e recebeu o nome de “Professora Elza Dantas”, em homenagem à sua carreira e trajetória inspiradora na instituição.


A abertura da cerimônia contou com a participação do Vice-Reitor, Prof. Dr. João Paulo Mendes Filho que, após o registro inicial sobre a origem da homenagem da Instituição consignada à professora Elza, definiu a Jornada como difusora do trabalho realizado por bolsistas e orientadores para a comunidade acadêmica, além da importância que a atividade representa para o desenvolvimento pessoal do aluno. “Importa destacar a relevância da iniciação científica no percurso curricular, pois trata-se de vivência muito fértil, em ambiente de produção do conhecimento no qual os alunos usufruem de uma relação mais próxima com os orientadores e são estimulados a desenvolver o método científico. Ademais, ao longo desse processo, os estudantes aprimoram algumas habilidades e adquirem atributos como pró-atividade, raciocínio rápido e pensamento crítico, que os diferenciam em sua trajetória”, destacou.


A primeira mesa de diálogos abordou o tema “Os desafios da iniciação científica em tempos de pandemia”, com a mediação da Dra. Ana Emília Carvalho, e participação da Médica Infectologista, Dra. Eliane Fonseca; do responsável pelo Núcleo de Iniciação Científica do curso de Medicina, Dr. Cláudio Teixeira; e da Médica Psiquiatra, Dra. Luciana Brandão Carreira.


Para o acadêmico do 9º período de Direito Nelson Gomes, o Cesupa tem desempenhado um papel muito importante, incentivando atividades voltadas à pesquisa científica em toda a trajetória acadêmica. “A instituição nos instiga a realizar esses trabalhos. Ao meu ver, iniciativas como o PIBICT (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica) são indispensáveis para fortalecer a produção científica no Cesupa, que fomenta oportunidades como a Jornada, para disseminar o conhecimento à comunidade acadêmica”, frisou.


A professora de Direito Juliana Freitas foi orientadora de duas pesquisas apresentadas no evento e explica que iniciativas como essas incentivam a autonomia do aluno e podem trazer soluções para a sociedade. “A pesquisa é um espaço seguro para os alunos exercerem seus pensamentos e efetuarem ações que podem impactar na educação e até mesmo na sociedade. Eu como educadora, acredito no poder transformador que as bolsas de iniciação científica possuem e o estímulo que ela traz para o desenvolvimento de mais pesquisas”, defendeu.


Para Bruna Moura, egressa do curso de Direito, a participação na Jornada ajudou a perceber novas perspectivas em sua profissão e despertou o interesse pela pesquisa. "Através do projeto, descobri que quero seguir para o mestrado e me aprofundar na pesquisa. Foi uma experiência incrível, me arrependo só de não ter participado antes", revelou.


A VII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica “Professora Elza Dantas” promove um espaço para que o aluno Cesupa, graduando ou formado, possa iniciar pesquisas científicas vinculadas a bolsas com fundo estudantil, visando trocas de experiências de diferentes áreas, bem como, mostrar como os trabalhos realizados podem impactar o cotidiano dos estudantes e da sociedade. O evento também garantiu carga horária de atividade complementar aos participantes.



Texto: Ádria Pereira com supervisão de Gisele Nogami e Laura Quaresma

16 de abril de 2021