Notícias

Alunos do curso de Medicina poderão acessar simulador virtual remotamente


26 de maio de 2021


Com a adoção do sistema de ensino híbrido motivado pela pandemia, e visando a busca de tecnologias que ofereçam inovação no processo de aprendizagem o Cesupa adquiriu recentemente mil novas licenças de uso do software da mesa Body Interact, para o Centro de Simulação Realística do Cesupa (CSR). A ferramenta consiste em um simulador com paciente virtual, que reage fisiologicamente em tempo real, utilizado pelos estudantes do curso de Medicina desde 2019, em treinamentos clínicos e práticos que criam condições semelhantes às atuações médicas reais.

A aquisição permitirá a ampliação do acesso remoto à mesa Body Interact, por meio de tablets, celulares e computadores, além de aumentar a capacidade de realização de cursos e de capacitação contínua de docentes, em áreas como Urgência e Emergência e Habilidades Clínicas. O público-alvo desta ferramenta são os estudantes de Medicina, das turmas do 50 ao 120 semestre do curso, os residentes e os professores.

"A simulação realística é uma realidade no curso de Medicina do Cesupa, mesmo antes do contexto da pandemia. Com a necessidade de redução do número de pessoas em cada espaço físico, as atividades remotas, quando possíveis de serem implementadas passaram a ser mais valorizadas. A ampliação da modalidade remota de utilização do simulador Body Interact nos permitirá avançar nas discussões de casos e na melhoria do raciocínio clínico, de alunos e médicos, em diferentes cenários. A simulação jamais busca substituir a prática em ambiente real, mas permite otimizar tempo e espaço, cada vez mais preciosos para a Educação Médica", explicou a coordenadora do curso de Medicina, professora Milena Caldato.

A docente do internato, professora Cláudia Siqueira, destaca que o uso da mesa Body Interact proporciona maior interação entre aluno e professor. "Essa é uma excelente ferramenta para ensino profissional, tanto presencial, quanto à distância. O seu uso gera uma discussão produtiva e efetiva e trabalha a multidisciplinaridade na Medicina e em todos os cursos da área de saúde", frisou.

Outras vantagens — Com o uso da mesa, remotamente, os discentes poderão criar várias sessões de treinamento e de avaliação, a um grupo ou individualmente, e acompanhar simultaneamente o desempenho de cada participante, em cada sessão. Os professores podem ainda, escolher o cenário e acrescentar materiais complementares para as sessões, através de documentos disponíveis na nuvem, em conjunto com o uso da ferramenta Body Interact.

Texto: Ádria Pereira com supervisão de Gisele Nogami e Laura Quaresma

26 de maio de 2021