Notícias

 Novo prédio do Cesupa estimula o protagonismo dos alunos 


10 de agosto de 2021


Biblioteca do novo prédio funciona como espaço multiuso e pode ser acessada por alunos de todos os cursos. Foto: Maycom Carvalho

O Cesupa iniciou o segundo semestre letivo na última segunda-feira, 2, e para os estudantes de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, a volta às aulas celebra uma importante conquista, que fortalece o projeto educacional da instituição: a entrega de um novo prédio com laboratórios de materiais e solos e de fenômenos de transportes e hidráulica, salas de aula destinadas à aplicação de metodologias ativas e espaços de convivência que podem ser acessados por acadêmicos de todos os cursos da instituição. 

Desde 2020, os cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo do Cesupa são qualificados pela metodologia CDIO - que utiliza ferramentas de aprendizado ativas, como projetos em grupo e aprendizado baseado em problemas, para equipar melhor os estudantes de engenharia com conhecimentos técnicos, além de habilidades de comunicação e profissionais - e a concepção deste novo prédio visa oferecer condições para que o aluno aplique essas técnicas em sua rotina.

“Este prédio já nasce sob a filosofia de empoderamento do aluno, por meio do desenvolvimento de suas competências alinhadas à inovação. Por este motivo, a nossa semana de acolhimento vem trabalhar a temática da Inovação e Sustentabilidade no Ambiente Construído”, explicou a coordenadora do curso de Engenharia Civil, Andreia Conduru.

Outro diferencial do prédio é a ampla biblioteca que tem como principal marca a integração, funcionando como espaço multiuso. Para o reitor do Cesupa, professor Sérgio Mendes, o novo prédio traz a marca da disrupção, movimento que o Cesupa vem exercitando há alguns anos. “Para além das cores, do jardim vertical ou do mobiliário escolhido, há conceitos de inovação disruptiva presentes neste projeto, cujo principal propósito é tornar o aluno protagonista de seu processo de aprendizagem. As Instituições de Educação Superior, hoje, devem constituir-se cada vez mais num ambiente que favoreça o desenvolvimento de boas experiências pelos estudantes. É isso que queremos, que os alunos do Cesupa vivam boas experiências aqui, conectadas com as demandas do mundo real", avaliou.

Acolhimento - a apresentação do prédio aos acadêmicos ocorreu durante a Semana de Acolhimento dos cursos. Sob o tema “Inovação e Sustentabilidade no Ambiente Construído”, além de explorar as possibilidades de aprendizado oferecidas pelas novas instalações, os estudantes discutiram as construções no contexto amazônico, com profissionais de renome local.

Para a coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo, professora Ana Cristina Braga, esta primeira semana desempenha um papel fundamental para o alinhamento das expectativas dos graduandos e para o fortalecimento das relações entre os próprios alunos e com os professores. “A semana de abertura do semestre proporciona aproximação entre eles, com os professores, com os colaboradores e com este novo prédio, mas, principalmente, é uma forma de fazer ajustes, retomar o que foi trabalhado no semestre anterior e incentivá-los, desde o início, a trabalhar em ambientes e projetos colaborativos”, ressaltou.

A estudante do 2º período de Arquitetura e Urbanismo, Cecília Coutinho estava ansiosa para participar das atividades e encontrar os colegas com quem conviveu virtualmente, durante a maior parte do semestre passado. “O mês de julho passou voando, tamanha era a expectativa por este novo semestre, por encontrar os amigos, conhecer novos colegas e este novo prédio. A cada foto compartilhada pela professora Andreia, crescia a vontade de conhecer este lugar. Como o primeiro (semestre) foi praticamente todo online, espero que este seja dinâmico, com atividades em campo”, concluiu.

Texto: Gisele Nogami com revisão de Laura Quaresma e Vanessa Simões
10 de agosto de 2021