Notícias

Cesupa realiza primeira Colação de Grau em formato híbrido 


25 de agosto de 2021


Formandas de Fisioterapia e Odontologia celebram a conclusão da graduação. Foto: Maycom Carvalho

A emoção e o orgulho pela conquista do diploma de graduação transbordaram os corações de 180 formandos e seus familiares, nas quatro sessões de colação de grau que o Cesupa promoveu nos dias 18 e 19 de agosto. Realizado pela primeira vez em formato híbrido e cumprindo os protocolos de biossegurança da instituição, o evento contou com formandos reunidos tanto presencialmente no teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, quanto virtualmente, em suas casas. Familiares, amigos e toda a comunidade acadêmica também puderam acompanhar as sessões e interagir, por meio da transmissão ao vivo, no canal do Cesupa no Youtube.

A primeira cerimônia do dia 18 foi dedicada aos concluintes de Odontologia e Fisioterapia e foi presidida pelo coordenador do curso de Odontologia, Silvio Menezes, além de contar com as participações da coordenadora do curso de Fisioterapia, Wiviane Freitas, da paraninfa da sessão, Paula Pessoa, e do representante da Secretaria Acadêmica, Nilton Belém. 

Representando os formandos, a concluinte do curso de Fisioterapia Noemy de Oliveira Silva, fez um agradecimento especial aos pais e relembrou a importância do apoio familiar, em meio às incertezas vividas na graduação e potencializadas com a pandemia. “Quando o medo ressurgir e a insegurança nos rodear, que possamos lembrar destas pessoas. Elas lutaram por nós e conosco, para que este dia se tornasse realidade. Que elas também nos recordem a importância de valorizar aqueles que caminham ao nosso lado. Não conseguimos ser felizes sozinhos e isso a pandemia nos mostrou”, disse em seu discurso.

Já a segunda cerimônia foi presidida pela coordenadora do curso de Nutrição, Daniela Gaspar, e reuniu os concluintes de Enfermagem e Nutrição. A paraninfa desta sessão, que representou todos os demais padrinhos, foi a professora Sandra Figueiredo, também de Nutrição. O orador da sessão, o concluinte de Enfermagem Leonardo Marques Gonçalves, reforçou o quanto as amizades que surgiram na graduação e as experiências partilhadas foram essenciais na caminhada acadêmica. 

Direito e Argo - no dia 19, foi a vez dos concluintes de Direito receberem a outorga concedida pelo coordenador do curso, Arthur Laércio Homci. O professor Bernardo Pereira foi o escolhido pela turma, para ser homenageado como paraninfo. Já o orador da sessão, foi o concluinte Geraldo Bentes, de 56 anos, que, visivelmente emocionado, fez uma retrospectiva dos momentos vividos com os colegas e homenageou alunos, professores e colaboradores da instituição, que tiveram as vidas precocemente ceifadas pela pandemia.

A última sessão solene recebeu os cursos de Administração, Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Ciência da Computação, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção, e foi presidida pela Coordenadora adjunta de Graduação e Extensão, Gisele Abrahim. Egressa do Cesupa, em suas palavras direcionadas aos formandos, a Coordenadora os convidou a seguir enfrentando os desafios da vida. “Mantenham o coração curioso e a paixão pelo conhecimento e espero que mantenham o hábito de estudar. Porque a atualização contínua nos prepara para uma carreira sem fronteiras que o que o mundo nos pede”, refletiu.

A oradora Ana Carolina Galende, concluinte do curso de Engenharia de Computação, incentivou os demais formandos a seguirem seus sonhos. “O futuro é nossa porta de entrada e, a partir daqui, não há limites para os nossos sonhos. Continuamos a escrever a nossa história e o nosso trabalho é fazer ela ser lembrada. Então, a partir daqui, seguiremos adiante, agora com a certeza de onde viemos, onde chegamos e aonde queremos ir”.

Outro momento de expressiva emoção ficou por conta do discurso da paraninfa da última sessão, a professora Eliane Oliveira, do curso de Engenharia de Computação. O convite para ser a madrinha da turma, chegou em um momento de perda pessoal e ressignificou o momento para a docente. “Além de sinalizar que estou no caminho certo, o convite recebido para este coração, foi como um enorme afago”, agradeceu. A paraninfa também estimulou os novos profissionais a encararem os desafios com coragem. “Erros e acertos fazem parte da nossa caminhada. Mas se o fracasso vier? Tenha coragem e enfrente para que ele seja transitório, pois sua força lhe fará superar e se tornar ainda mais forte. A vida sempre nos exigirá coragem”, reforçou.

Texto: Gisele Nogami com revisão de Laura Quaresma
25 de agosto de 2021