Notícias

Cesupa realiza ações em alusão à campanha Setembro Amarelo


27 de setembro de 2021


Trilha da Saúde Mental e bilhetes com mensagens de otimismo fizeram parte das ações realizadas. Foto: Divulgação do curso de Psicocologia

Promovido desde 2014 no Brasil, pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), a campanha Setembro Amarelo busca conscientizar a população sobre a importância da saúde mental, com o objetivo de prevenir e reduzir os casos de suicídio no país. No último dia 22, os alunos do curso de Psicologia realizaram dinâmicas em todas as unidades do Cesupa, e orientaram a comunidade acadêmica sobre a relevância do autocuidado e do olhar atento ao outro.

De acordo com a ABP, anualmente, são registrados mais de 13 mil suicídios no Brasil e um milhão de casos em todo o mundo, em que 96,8% deles estavam relacionados a transtornos mentais. A campanha é um marco, mas é necessário manter o tema em pauta, nos outros meses, conforme explica a coordenadora do curso de Psicologia do Cesupa, Nilzabeth Coêlho. “O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. A data suscita a discussão, mas é necessário falarmos sobre saúde mental a todo tempo, para orientarmos quem oferece a ajuda e direcionarmos as pessoas que necessitam, a receberem o suporte adequado, com um profissional especializado, seja o psicólogo ou o psiquiatra”, enfatizou.

Dinâmica - Para conscientizar alunos e colaboradores sobre a importância da saúde mental, os corredores das unidades do Cesupa receberam a Trilha da Saúde Mental, especialmente pensada pelo Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Psicologia em parceria com o Centro Acadêmico do Curso e as psicólogas do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE). Em um caminho com números de 1 a 11, quem passava pelo local era convidado a apontar a câmera do celular para um QR Code, que direcionava para uma pergunta ou um desafio, como lembrar-se da “última vez que aconteceu algo que deixou você muito feliz”. Ao concluir a Trilha, o participante recebia um chocolate que poderia ser entregue a alguém especial. 

Estudante do 6º semestre do curso, Mariana Bouth fez questão de participar da ação, para se aproximar ainda mais da rotina da profissão. “A Trilha tem como objetivo fazer os participantes pensarem, refletirem um pouco sobre o que é a saúde mental para elas, pois o que causa bem-estar emocional é individual e diferente para cada um. Então, as perguntas e desafios servem para ajudar a abrir as discussões”, ressaltou.

Além da Trilha, alunos de outros cursos da instituição e colaboradores também podiam deixar bilhetes com mensagens de esperança e otimismo. A programação do Setembro Amarelo contou ainda com rodas de conversa promovidas pelo SAE, em todos os campis, e palestra de orientação realizada pelo setor de Gestão de Pessoas, voltada aos funcionários do Cesupa.

Texto: Gisele Nogami
27 de setembro de 2021