Notícias

Alunos de Direito publicam livro eletrônico com trabalhos acadêmicos


29 de setembro de 2021


Promover a realização de pesquisas e estimular as atividades criativas é um dos principais objetivos do Cesupa. Foi inspirada nesta premissa, que o curso de Direito, por meio da disciplina de Metodologia Científica, passou a transformar os artigos e trabalhos produzidos em sala de aula, em um livro eletrônico, publicado semestralmente, com o selo da e-publicar Editora. As duas primeiras coletâneas foram publicadas no final de 2020 e no primeiro semestre deste ano. Já esta edição reúne as atividades desenvolvidas durante todo o primeiro período de 2021.
 
A “Coletânea de trabalhos acadêmicos: portfólio de resumos, resenhas e artigos” reúne 13 textos produzidos pelos alunos. Camila Virgolino que, atualmente, está no 3º semestre de Direito, é autora de três conteúdos que compõem o livro, entre eles, um dos artigos publicados sob o título “A mulher e o mercado de trabalho: os preconceitos e a disparidade salarial”, que surgiu a partir dos depoimentos das professoras da instituição, durante o evento on-line “Elas Inspiram”, realizado em homenagem à professora Elza Dantas, coordenadora de Graduação, que dedicou 20 anos de sua vida ao projeto educacional da instituição.
 
“Definir o objeto de estudo e as referências que deverão ser usadas durante a produção foram as grandes dificuldades, depois desta etapa, fica tudo mais fácil. Participar da elaboração do livro foi, de fato, um enorme aprendizado, especialmente por estar no início da graduação”, elogiou. A experiência foi tão positiva, que a acadêmica pretende seguir a área da pesquisa, após a conclusão do curso. “Depois desse trabalho, posso dizer que pretendo seguir na pesquisa científica, porque ela expande os nossos conhecimentos”, enfatizou.
 
Para a professora Andréa Araújo, idealizadora do projeto, as publicações promovem a experiência dos acadêmicos com todas as etapas envolvidas na publicação de trabalhos científicos, desde a escolha do tema, passando pela submissão, até a aprovação de fato. “Uma vez que os alunos ainda não têm a experiência no processo, com este projeto, eles vivem a realidade do que é a pesquisa, além do que, sendo uma obra científica, eles atualizam o currículo lattes, que muitos não têm quando iniciam a disciplina”, concluiu. Para acessar a coletânea, clique aqui.

Texto: Gisele Nogami com revisão de Laura Quaresma
29 de setembro de 2021