Notícias

Engenheiros Sem Fronteiras - Núcleo Belém realiza chamada para novos membros


23 de março de 2022


Edital do processo seletivo disponibiliza 11 vagas para novos integrantes.

O Núcleo Belém da ONG Engenheiros Sem Fronteiras (ESF) está com inscrições abertas para novos membros, até o dia 31 de março. Ao todo, serão selecionados 11 novos integrantes, para atuarem nas funções de Assessor Administrativo-Financeiro, Assessor de Gestão de Pessoas, Assessor de Comunicação e Marketing, Assessor de Projetos e Assessor de Qualidade. Para participar do processo seletivo, os candidatos devem estar regularmente matriculados em cursos de graduação ou pós-graduação das Engenharias, Ciência da Computação, Arquitetura e Urbanismo ou Comunicação Social, em qualquer instituição de ensino superior de Belém, e ter disponibilidade de cinco horas semanais. As inscrições estão disponíveis aqui.

O processo seletivo contempla três etapas composto por: preenchimento de formulário on-line até 31 de março; dinâmica presencial no dia 2 de abril; e, por último, uma imersão para a elaboração de um projeto para o Núcleo, que acontecerá entre os dias 3 a 9 de abril. O resultado final deve ser apresentado no dia 16 de abril, por e-mail, conforme prevê o edital.

Desenvolvimento sustentável - O Engenheiros Sem Fronteiras é uma organização não governamental nacional, com atuação em 65 cidades do país e mais de 2000 voluntários, que tem como objetivo combater a desigualdade social e promover o desenvolvimento sustentável, por meio de projetos e atividades baseadas na engenharia, visando o desenvolvimento sustentável, socioeconômico, ambiental e cultural, alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Já o Núcleo Belém foi fundado em julho de 2021, por meio de uma iniciativa de acadêmicos dos cursos de Engenharia Civil e de Produção do Cesupa. “Embora o Cesupa seja o primeiro lar do Núcleo, daqui para frente, pretendemos contar com alunos de outras instituições, para conseguir uma atuação mais diversificada e com diferentes pontos de vista, inclusive de discentes de cursos como Arquitetura e Comunicação. 70% dos integrantes do Núcleo já fizeram parte do NIEJ e acreditamos totalmente, na interdisciplinaridade das nossas ações”, pontuou a Diretora Geral da ESF Belém e aluna do 7º semestre de Engenharia de Produção, Letícia Helena Rodrigues.

Em seis meses de atuação, o ESF Belém desenvolveu duas ações, entre elas, uma oficina para alunos do 9° ano de uma escola parceira, para apresentação das oportunidades na área da Engenharia. A outra foi a mobilização de estudantes de Engenharia Civil e um professor especialista em Engenharia Estrutural, para emissão gratuita de laudo estrutural, para restaurantes localizados na Ilha do Combu. O laudo é um dos documentos obrigatórios para a obtenção de alvará de funcionamento dos estabelecimentos. 

“O nosso principal objetivo é adequar toda a estrutura que a ESF possui, para o desenvolvimentos de projetos que atendam as especificidades do nosso contexto paraense e, principalmente, amazônico. Com a entrada dos novos membros, teremos mais mãos para realizar as ações e efetivar o que estamos planejando”, garantiu a Diretora do Núcleo Belém.

Texto: Gisele Nogami
23 de março de 2022