Notícias

Primeiro Colóquio da Pós-Graduação em Direito debate temas da atualidade


12 de maio de 2022


Evento reuniu professores dos cursos de especialização da instituição, graduandos e pós-graduandos. Foto: Caroline Oliveira

O Cesupa realizou nos dias 10 e 11/05, o 1º Colóquio da Pós-Graduação em Direito, no auditório do Campus Alcindo Cacela II. Com um formato talk-show e transmissão no canal do Cesupa no YouTube, o evento reuniu professores dos cursos de especialização da instituição, graduandos e pós-graduandos, em torno de debates sobre assuntos como o Planejamento Sucessório, a Lei Geral de Proteção de Dados e a Violência contra a Mulher, entre outros temas da atualidade, pertinentes ao Direito.

O encontro foi organizado pelas 16 turmas de especialização em Direito, que têm cursos em andamento na instituição, e aproximou a pós-graduação dos alunos da graduação, especialmente aqueles que estão nos últimos períodos do curso. “O Colóquio surgiu como uma necessária oxigenação após a pandemia, abrindo as portas da instituição para que a comunidade acadêmica pudesse conhecer o formato, a organização e, naturalmente, a capacitação que uma pós-graduação voltada ao mercado, como é o modelo adotado pelo Cesupa, pode oferecer a eles”, pontuou o coordenador da pós-graduação em Direito, professor João Paulo Neto.

Em sua fala de abertura, o Vice-Reitor do Cesupa, professor João Paulo Mendes Filho, falou sobre as mudanças pelas quais os programas de pós-graduação da instituição vêm passando, nos últimos anos, especificamente os cursos de especialização lato sensu da área jurídica. “A pós-graduação tem vivido uma verdadeira revolução, no sentido da inovação em seus projetos. Com isso, a proposta é que o nosso aluno enxergue o Direito como ciência, de uma forma diferente, a partir de temas e eixos estratégicos e contemporâneos apontados pelo mercado. Outro papel relevante  que o curso tem exercido diz respeito às parcerias com as entidades do Direito, em especial a Ordem dos Advogados do Brasil-Seção Pará, que têm propiciado a interiorização dos projetos de especialização. De forma que este evento é marcante, como resultado de ações integradas que vêm sendo desenvolvidas por meio de uma construção coletiva dos cursos de pós-graduação”, exaltou.

O primeiro dia do evento contou com a participação do professor Liandro Faro, que abordou o tema do Planejamento Sucessório; da professora Débora Sirotheau, que tratou dos “Requisitos para o tratamento de dados pessoais na LGPD - limites e exemplos de aplicação do consentimento e legítimo interesse”; e do professor Luiz Felipe da Fonseca, que abordou as “Novas tecnologias e regulação” a respeito da proteção de dados pessoais. A “Violência contra a mulher” foi debatida pelas professoras Cristina Lourenço e Beatriz Levy; e os “Desafios socioambientais da mineração na Amazônia” foi o assunto apresentado pelos professores Jorge Alex Athias e Flávia Möller.

Já no segundo dia de programação do Colóquio, o professor Raphael Miziara explanou sobre os “Impactos da Lei Geral de Proteção de Dados nas relações de trabalho”; os professores José Cláudio Monteiro de Brito filho, Filipe da Silveira e Victor Russo fizeram um reflexão sobre “As teorias da justiça aplicadas na prática”; e o evento encerrou com a Aula Magna “O Sistema Multiportas e a Fazenda Pública”, ministrada pelo professor Leonardo Carneiro da Cunha. 

Para assistir as gravações dos dois dias de evento, clique aqui e aqui.

Texto: Gisele Nogami
12 de maio de 2022