Notícias

Cesupa inaugura o Centro de Simulação Realística


29 de dezembro de 2022


CSR conta com espaços que representam consultórios, ambientes hospitalares e até atendimentos domiciliares. Foto: Caroline Oliveira

O Cesupa encerra o ano com uma relevante conquista para o ensino e aprendizagem dos cursos da área da saúde: a entrega do novo Centro de Simulação Realística (CSR). Localizado no Campus João Paulo do Valle Mendes (Almirante Barroso), o Centro contribuirá para o desenvolvimento e a ampliação de habilidades técnicas e comportamentais dos estudantes e profissionais da Saúde, por meio de cenários simulados em ambientes seguros e realísticos. A inauguração, ocorrida no último dia 12, integrou as comemorações pelos 15 anos do curso de Medicina, celebrados em 2022.

Pioneiro entre as escolas  médicas do Pará, o CSR está instalado em uma área de 1.320 m2 e conta com espaços que representam consultórios, ambientes hospitalares e até atendimentos domiciliares. Além disso, o Centro dispõe de modernos simuladores de alta, média e baixa fidelidade; sala de simulação virtual; equipe de atores treinados para simulações; e, instrutores com expertise em simulação clínica. Antes de ser inaugurado oficialmente, em agosto deste ano o espaço foi reconhecido como o primeiro centro credenciado da American Heart Association (AHA), no Norte do país, habilitado para ministrar os cursos de ACLS (Suporte Avançado de Vida em Cardiologia), BLS (Suporte Básico de Vida), treinamentos de certificação e validade internacional. Em novembro de 2022, um grupo de oito professores do Cesupa concluiu a habilitação para ministrar o curso PALS (Suporte Avançado de Vida em Pediatria), tornando a instituição apta a ofertar os três treinamentos em emergência chancelados pela AHA.

“Juntamente com o novo e moderno Centro de Especialidades Médicas (Cemec), o CSR representa, certamente, os dois maiores avanços em infraestrutura para Medicina e, como um todo, para a área de saúde, em nossa instituição. Este projeto, construído com a consultoria liderada pela professora Regina Kaneko, baseou-se em alguns pilares importantes, como o da gestão estratégica; a capacitação e treinamento da equipe técnica e profissional; e a concepção do modelo arquitetônico e de infraestrutura, destacando-se, como princípio norteador em todas as ações, o da integração, já que o exercício da prática multiprofissional, envolvendo os mais diversos setores e cursos, teria que se impor desde o início. Além das propostas que podem ser ofertadas ao público externo, não podemos descuidar do que o CSR pode ofertar para dentro da instituição, para os cursos de graduação e pós-graduação, incluindo as residências médicas e multiprofissionais e o mestrado”, destacou o Vice-Reitor do Cesupa e Pró-Reitor de Pós-graduação, Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da instituição, professor João Paulo Mendes Filho, durante a cerimônia de inauguração do espaço.

Metodologia - Nos cursos da área da saúde do Cesupa e, em especial na Medicina, a simulação realística tem sido utilizada como uma metodologia de ensino e aprendizagem e, também, de aproximação entre profissional e paciente, como enfatizou a coordenadora do curso de Medicina, professora Milena Caldato. “A simulação é extremamente valiosa para o exercício da Medicina que preza pela formação de profissionais integrais e que vejam seus pacientes como seres humanos completos, que merecem ser acompanhados, acolhidos e respeitados. Nesse sentido, a simulação passa a ocupar um patamar de importância, para um projeto pedagógico que pensa neste formato, como é o caso do Cesupa”, enfatizou. 

O conceito de simulação alta fidelidade começou a ser trabalhado no curso há uma década, quando o Cesupa implantou as atividades de simulação clínica, como instrumento pedagógico de aprendizagem, em módulos específicos do curso de Medicina. “Nestes dez anos muito aconteceu. Desde a apresentação em congressos com trabalhos relacionados ao Cesupa e à simulação realística, até a publicação de um capítulo de livro com o nome da instituição e a ferramenta de simulação. Por meio da parceria com a American Heart, o CSR já formou instrutores e multiplicou esses treinamentos, capacitando 280 pessoas em ACLS, BLS e PALS, entre entre alunos e profissionais. Também já ocorreram cursos 'in company' e muitas outras formações acontecerão, neste Centro que se materializa e vem mostrando o seu potencial”, afirmou o coordenador técnico do CSR, professor Ariney Miranda.

Inauguração - A cerimônia de inauguração do Centro contou ainda com a presença da professora Regina Kaneko, sócia diretora da SimSafety, empresa que prestou consultoria ao Cesupa nos últimos três anos, na elaboração do projeto do CSR e capacitações das equipes. “É uma alegria ter apoiado e orientado este projeto que nasceu com o plano diretor bem definido. A realidade muitas vezes nos mostra que os centros começam pela aquisição tecnológica, sem que haja pessoas para realizarem aquele cenário, porque não foram capacitadas. No caso do Cesupa foi diferente. E ficamos gratos em vê-los conduzir este projeto, daqui por diante, principalmente, pelo ganho na formação dos alunos da Medicina, dos cursos da saúde, e vou mais além, do Direito, do curso de Comunicação , e das outras áreas que podem fazer uso deste espaço, gerando oportunidades de aprendizado para alunos da graduação e da pós-graduação”, sublinhou.

Em sua fala, o Reitor do Cesupa, professor Sérgio Mendes, ressaltou a importância do CSR ser visto como um espaço multidisciplinar, que reúna pessoas com diferentes formas de pensar. “Os laboratórios de grandes universidades que floresceram de três décadas para cá, foram feitos a partir da reunião de pessoas que pensam completamente diferentes. Então, acredito que precisamos ver o CSR com o olhar da filosofia, como um espaço multiprofissional que se resolve se todos se despirem das suas crenças e passarem, também, a acreditar na maneira como o outro, que pensa diferente, vê a vida. Quando você inaugura um espaço, aquilo que era projeto vira realidade e o que virou realidade, precisa gerar muitas e várias novas possibilidades. O CSR já é realidade. E nós contamos com o curso de Medicina e todos os outros cursos, para gerar inúmeras possibilidades, conquistando e trazendo pessoas que pensam diferente e que possam vislumbrar cenários que ninguém pensou até hoje. Quando instalamos o curso de Medicina, a ideia não era um curso para Belém, mas, sempre foi e continua a de ser uma referência para essa imensa região Norte do país. Isso é o que sempre nos motivou, tanto ao Cesupa, como instituição, como à Medicina”, complementou.

A programação de entrega oficial do Centro seguiu com a palestra “Importância da Simulação Realística para a Segurança do Paciente”, ministrada pela professora Regina Kaneko, e concluiu com uma visita técnica pelas dependências do moderno espaço.

Texto: Gisele Nogami
29 de dezembro 2022